215.jpeg

BIOGRAFIA

Fabiola Buzim é capixaba, nasceu em Vitória, Espirito Santo, e iniciou sua carreira como atriz no teatro de rua em 1996 atuando em um grupo amador. Em 2004 graduou-se em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Ouro Preto/MG dando seguimento a seus estudos e práticas na área. Em  2005 tem sua estréia no cinema no curta “A fuga” de Sáskia Sá.  ​

No período de 2005 a 2017 participa de diversas produções capixabas, longas e curtas, a maioria no circuito de cinema independente: “PS: Post Scriptum”  e  ¨Azulzinho¨ de Jeff Pinheiro, "O Homem que sonhava fotografia" de Tião Xará, “João” de Carlos Augusto, “Milagres” de Luiza Lubiana, “A própria cauda” de  Virginia Jorge e do longas “Entreturnos” de Edson Ferreira e “Punhal” de Luiza Lubiana.

​No teatro fez parceria com o diretor Luiz Tadeu Teixeira no espetáculo “Um forte cheiro à maça” e  com a cineasta Virginia Jorge no solo “A Menina”. Com este último espetáculo recebe o prêmio de melhor atriz e direção.

Em 2011 faz estreia no cinema nacional, participa do longa “Não se preocupe, nada vai dar certo” de Hugo Carvana, dividindo a cena com Tarcísio Meira, Ângela Vieira e Gregório Duviver. Em 2011, na TV Globo, faz uma participação na novela “Fina Estampa”, contracenando ao lado de Eva Wilma.

Em 2015 atuou no curta “Eu queria ser arrebatada, amordaçada e nas minhas costas tatuada” de Andy Malafaia. Por este último trabalho recebeu 7 prêmios como melhor atriz, sendo 4 em festivais internacionais, por seu desempenho interpretando a prostituta Silvana. E em 2018 no curta “Depois” dirigido por Marcello Quintella & Boynard, e no curta ¨Síndrome da Morte¨ de Edem Ortegal com estreia prevista para 2021.

Fabiola também é jornalista, professora de teatro e produtora cultural na Fabulanas, onde produz seus projetos no teatro e cinema.

 

PRÊMIOS E INDICAÇÕES 

¨EU QUERIA SER ARREBATADA, AMORDAÇADA E EM SUAS COSTAS TATUADA¨ - ANDY MALAFAIA (RJ)

Prêmios

Melhor atriz - Orsini Cup de Melhor Atriz no Budapest Film Festival 2016

Melhor atriz - Defy Film Festival 2016, EUA

Melhor Atriz - Riurau Film Festival 2016,  Espanha.

Melhor atriz – Festival de Cinema de Belo Jardim 2016, Pernambuco

Melhor atriz – Festival Nacional de Cinema de Poços de Caldas, 2016

¨DEPOIS¨ DE MARCELLO QUINTELA Y BOYNARD (RJ)

Prêmios

Melhor Atriz Coadjuvante - GIMFA – Gralha International Monthly Film Awards – edição de outubro de 2020 - Curitiba, PR;

Melhor atriz  - 2nd Winter Film Festival - Barcelona, Espanha, e Resistencia, Argentina;

Melhor elenco - 4th Europa Film Festival – Barcelona, Espanha

Indicações

Melhor atriz de média-metragem brasileiro - BIMIFF – Brazil International Monthly Independent Film Festival, edição de novembro de 2020 – Rio de Janeiro, RJ;

 

Melhor  atriz  - 3rd Teknochat Film Festival - Barcelona, Espanha, e Resistência, Argentina;

Melhor atriz  - 2nd Winter Film Festival - Barcelona, Espanha, e Resistência, Argentina;

tatuada%20primeiro%20dia%20nestrea-57_ed